COVID-19: O USO DOS CORTICOIDES NO TRATAMENTO DEVE SER CONSCIENTE

Os corticoides, também conhecidos como glicocorticosteroides, são medicamentos muito importantes no tratamento de várias doenças, incluindo a Covid-19. Mas estes devem ser utilizados apenas em pacientes com indicações médicas específicas, uma vez que podem apresentar alguns efeitos colaterais.

O estudo RECOVERY foi um importante marco na pandemia por ter demonstrado que o uso da dexametasona (um tipo glicocorticosteroide) gera redução no índice de mortalidade da doença, quando aplicado em um grupo específico de pacientes.

Para debater sobre o uso da substância no tratamento da Covid-19, convidei o Dr. Lucio Vilar, médico, professor-associado e coordenador da disciplina de endocrinologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), chefe do serviço de endocrinologia no Hospital das Clínicas da UFPE e doutor em ciências da saúde pela Universidade de Brasília (UnB). O Dr. Lucio é uma referência no assunto e autor do livro Vilar. Endocrinologia Clínica, o maior tratado de endocrinologia da América Latina.

Devemos usar corticoides em todos os pacientes com Covid-19? Por quanto tempo ?

Dr. Lucio Vilar: O estudo RECOVERY demonstrou o benefício de utilizar por até 10 dias um tipo de corticoide, a dexametasona na dose de 6 mg, uma vez ao dia, por via oral ou intravenosa. O uso da substância reduziu a mortalidade apenas dos pacientes hospitalizados que estavam recebendo ventilação mecânica ou oxigenioterapia, mas não dos pacientes que não precisaram de suporte respiratório. Por isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) indica o uso apenas para os casos graves da doença.

Muitos profissionais começaram utilizar corticoides indiscriminadamente nos pacientes com Covid, mesmo sabendo que o benefício é restrito à um grupo específico como citado acima. Qual é a sua opinião sobre isso? 

Dr. Lucio Vilar: Embora não haja consenso sobre o uso de corticoides na Covid-19, não há dados científicos que apoiem seu uso rotineiro. No estudo RECOVERY, os benefícios da corticoterapia em termos de redução da mortalidade foram observados apenas em pacientes recebendo suporte respiratório. Também deve-se considerar que todos os glicocorticoides têm efeitos colaterais e que seu uso prolongado pode comprometer a evolução da doença.

Quais são os benefícios desses medicamentos nos pacientes?

Dr. Lucio Vilar: O benéfico dos corticoides se dá pela sua atividade imunossupressora, que reduz a liberação maciça de citocinas pró-inflamatórias. Deste modo, a sua utilização pode reduzir o dano pulmonar induzido pelo novo coronavirus.

Você pode gostar...

Fale Conosco
Enviar