OBRAS SEM PARAR PREVINEM A CIDADE CONTRA CHEIAS E PAVIMENTA RUAS EM CANOAS

Pouco mais de três meses se passaram desde que a atual gestão assumiu a Prefeitura de Canoas, e as metas estabelecidas para cada secretaria nesses 100 dias de governo vêm sendo batidas. A Secretaria Municipal de Obras (SMO) recebeu como objetivo para essa largada a inclumbência de executar a pavimentação asfáltica das ruas do Macro-Quarteirão 1, no Guajuviras, a revisão das Casas de Bombas e o início das limpezas de valas.

Neste período, vêm sendo feitas, sistematicamente, a limpeza e dragagem dos canais que conduzem as águas de chuva até às Casas de Bombas, além de outros investimentos, como reparos e melhorias em equipamentos que formam o Sistema de Proteção a Cheias.

Nesses 100 dias de governo, foram executadas:

– dragagem da calha de concreto da Curitiba, onde se localizam as Casas de Bombas 6, 7 e 8, no bairro Mathias Velho (2.700 metros);

– dragagem do canal do dique Gravataí (800 metros), no Bairro Niterói, onde se localizam as Casas de Bombas 1 e 2;

– dragagem do canal do dique Rio Branco, no Bairro Mato Grande (670 metros), onde se localizam as Casas de Bombas 3 e 4;

– drenagem de um trecho do arroio Araçá, a partir da Casa de Bombas 4;

– construção de cobertura para proteger o trabalho de retirada de entulhos das grades e instalada nova iluminação na Casa de Bombas 1;

– nas Casas de Bombas 1, 2, 3 e 6, foram substituídas as tubulações de 1,2 m de diâmetro;

– troca das comportas de gravidade das Casas 1, 2 e 6;

– linhas elétricas para dupla opção de energização nas Casas 6 e 7

– colocação de para-raios nas Casas 6 e 7

“Cheias pontuais acontecem, quando a chuva é demasiada. O que não vai acontecer, após esse trabalho de limpeza e recuperação, é o alagamento por qualquer chuva que venha a cair em nosso município”, destaca o secretário Sérgio Giugno.

Asfaltamento 

Ainda nos 100 primeiros dias de governo, a SMO intensificou as obras de pavimentação de 8 ruas do MQ1 no Bairro Guajuviras. Já foram pavimentadas as ruas Olímpio Ferreira Cruz, Rua 3 e Rua 5. A Rua 4 e o beco da Olímpio estão em obras de terraplenagem e regularização para receber o revestimento asfáltico.

Estas ruas fazem parte do contrato 269/2020, que contempla, ao todo, a pavimentação de 46 ruas (6.734 metros). O valor para o asfaltamento destas 11 ruas (2.039 metros) é de R$ 1.565.308,89.
“Este é o primeiro contrato de um programa para pavimentar 100% das ruas da Cidade. Estão em andamento na SMO os estudos e projetos de mais 54 ruas (aproximadamente 25 km), e estimativa de contratação no segundo semestre”, explica Marco Oliveira, secretário-adjunto de Obras de Canoas.

Você pode gostar...

Fale Conosco
Enviar