PREFEITURA: ANÚNCIO DE URBANIZAÇÃO DE VALA SEGUE COM AS COMEMORAÇÕES DE 83 ANOS DE CANOAS

Seguindo com as atividades alusivas aos 83 anos de Canoas, o prefeito em exercício, Nedy de Vargas Marques, assinou o termo que marca o início das obras de urbanização da Vala da Rua Florianópolis, que prevê a revitalização e qualificação do local. Também foi realizado o plantio de uma grande timbaúva, considerada árvore símbolo de Canoas, na área externa da Antiga Estação Férrea. Para animar o evento, a artista Mariza Gomes realizou uma apresentação de danças orientais.

O prefeito em exercício, Nedy de Vargas Marques, comentou sobre essa importante ação. “Mais uma obra das tantas que seguimos realizando pela cidade e que temos a alegria de anunciar neste dia tão especial para Canoas. Uma ação de grande importância, que vai trazer qualidade de vida e bem-estar à nossa população. Também é uma grande emoção vivenciar este momento, com essa bela timbaúva, árvore que é o símbolo de nossa cidade”, destacou.

Urbanização da Vala da Rua Florianópolis

Com investimento de mais de R$ 4 milhões, a vala paralela à Rua Florianópolis – que vai da Rua da República até a Av. Guilherme Schell – será totalmente fechada e receberá uma grande obra de revitalização urbana. O local terá seu espaço qualificado com a construção de ciclovia, calçadas, academia ao ar livre, pracinhas, espaço de descanso, iluminação pública e muito mais. A obra de 1,8 km de extensão tem previsão de conclusão em até cinco meses.

O secretário interino de Obras, Marco Oliveira, ressaltou a importância da urbanização da rua. “Uma obra tão grandiosa, que cumpre uma promessa de governo, traz saneamento, bem-estar e qualidade para os canoenses. Isso é cuidar da cidade, cuidar das pessoas, mais uma vez um trabalho em conjunto da Prefeitura que traz uma grande ação em benefício de Canoas”, completou.

Timbaúva, árvore símbolo de Canoas

O reconhecimento da timbaúva como árvore símbolo de Canoas tem origem no início do povoamento da cidade. Com a construção da Estação Férrea, os homens que faziam a guarda da estação cortaram uma grande timbaúva. Ela foi utilizada para a construção de canoas, que facilitavam os serviços no local, que ficava na margem do Rio dos Sinos. Por conta disso, a área ficou conhecida como “Capão das Canoas”, que posteriormente originou os nomes da estação e do município.

O secretário do Meio Ambiente, Paulo Ritter, comentou sobre o plantio da timbaúva e a importância da árvore para a cidade.”É um ato simples, mas muito simbólico e de reconhecimento da história da nossa cidade. Também marca a conclusão de um processo de revitalização que realizamos na área externa da Estação Férrea, um dos importantes espaços culturais da nossa cidade”, destacou.

Auxílio Emergencial Canoense

Na manhã de hoje, na abertura das comemorações de aniversário da cidade, o prefeito Nedy anunciou a abertura da 4ª edição do Auxílio Emergencial Canoense, benefício pioneiro no país, que surgiu para ajudar milhares de famílias que perderam sua renda em função da pandemia.

Os participantes contam com uma ajuda financeira de R$200,00, mensais, auxílio transporte de R$96,00, além de curso de qualificação profissional. O programa, que iniciou em 28 de março de 2021, beneficia, em cada edição, 5 mil canoenses em situação de vulnerabilidade. Até a 3º edição, foram investidos R$ 11,5 milhões.
O processo começa no dia 1º e vai até o dia 15 de julho. Podem ser realizadas pelo site da Prefeitura (canoas.rs.gov.br) e também presencialmente nas subprefeituras (Sudeste, Sudoeste e Noroeste), além do ginásio do Caic.

Serviço:

Período de inscrições:
de 1º a 15 de julho


Online no site:
canoas.rs.gov.br


Presencial nas subprefeituras:

Sudeste – Rua Marechal Rondon, 100, Niterói
Sudoeste – Rua Edgar Fritz Muller, 430, Rio Branco
Noroeste – Rua Candelária, 441, Mathias Velho
Ginásio do Caic – Avenida 17 de Abril, Guajuviras

Você pode gostar...

Fale Conosco
Enviar