ROGÉRIO MENGARDA: TECNOLOGIA AJUDA A SUPERAR O MEDO E A DOR NO TRATAMENTO BUCAL

Tecnologia ajuda a superar o medo e a dor no tratamento bucal. “A dor é inevitável. O sofrimento é opcional”. Essa passagem, da obra do poeta Carlos Drummond de Andrade, já fez algum sentido na odontologia. A questão é que, hoje, ao considerarmos os avanços tecnológicos e sua aplicação nos diversos tipos de tratamentos bucais, podemos dizer que nem só o sofrimento é opcional. A dor também é. Explico. O consultório odontológico pode ser um ambiente temido, em razão do medo dos pacientes em sentir dor. Dessa maneira, é bastante comum as pessoas adiarem ao máximo a visita ao dentista, buscando tratamento somente em situações de urgência. Atire a primeira pedra quem nunca deixou uma dor de dente chegar ao seu limite e só procurou tratamento quando ela ficou insustentável. No entanto, sentir dor em procedimentos dentários é coisa do passado. A tecnologia impactou todos os âmbitos das nossas vidas nos últimos anos. Na área odontológica isso não foi diferente. Não ficamos de fora das inovações, pelo contrário. Atualmente há diversos recursos tecnológicos avançados que proporcionam uma melhor experiência ao paciente, nos quais a dor, definitivamente, pode (e deve) ser evitada durante os tratamentos. Falaremos sobre isso mais adiante.
.
Antes, preciso reconhecer que todo esse receio da dor não é algo improcedente. De fato, antigamente, os procedimentos odontológicos podiam sim ser dolorosos e desconfortáveis, como um tratamento de canal, por exemplo. Esse medo, portanto, pode estar associado a experiências negativas anteriores. Pesquisas sobre a dor no tratamento dentário apontam que cerca de 70% dos pacientes relatam já ter sentido incômodo durante algum procedimento. Nesse sentido, aspectos psicológicos, como a ansiedade, podem agravar essa percepção de dor e influenciar na maneira como os pacientes encaram um tratamento odontológico ou mesmo uma simples ida ao dentista para consulta de rotina e prevenção. A anestesia local, outro exemplo, é considerada um dos procedimentos que mais geram ansiedade nas pessoas. Então, de que forma a tecnologia pode ajudar nessa questão da dor e do medo de dentista? De várias maneiras! Afinal, ela está presente em diversas áreas da odontologia.
.
Atualmente temos à nossa disposição um fluxo de trabalho totalmente digital, recursos como escaneamento e reconstruções em 3D, que permitem maior precisão no planejamento do tratamento; check-up digital que proporciona precisão e segurança no diagnóstico. Para os implantes dentários, nossas cirurgias são guiadas. E muitas vezes com procedimentos sem pontos ou cortes, realizados de maneira minimamente invasiva usando-se lasers de alta e baixa frequência, entre outros tantos recursos, apenas para citar alguns…. Já o temido tratamento de canal pode ser feito sem dor e desconforto com o uso de tecnologias como o sistema rotatório, a anestesia computadorizada, o microscópio clínico e os localizadores foraminais eletrônicos — que dispensam a necessidade de longos e demorados exames complementares para medir de forma precisa o tamanho do canal, agilizando todo o processo.
.

Como podemos constatar, são diversos os exemplos de tratamentos que foram modernizados e beneficiados com o avanço da tecnologia. A maioria das especialidades, desde a endodontia, a implantodontia, a prótese dentária, a ortodontia, bem como a odontologia estética são especialidades que hoje proporcionam tratamentos mais ágeis e indolores aos pacientes. Não há razão, portanto, para continuar temendo a cadeira do dentista, qualquer que seja o seu problema bucal. Priorize o seu bem-estar e a sua qualidade de vida, já que a dor, assim como o sofrimento, pode sim ser evitável. Pelo menos no que se refere aos tratamentos odontológicos.

DR. ROGÉRIO MENGARDA
CLÍNICA ODONTOLÓGICA
51 3330.1755
VER MAIS

SMILESENIOR
IMPLANTES
51 3737.7060
VER MAIS

Você pode gostar...

Fale Conosco
Enviar