RS: VANIUS SANTAROSA É O NOVO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA


Santarosa, Ranolfo e Guerreiro

Coronel Vanius Cesar Santarosa é o novo secretário da Segurança Pública, Delegado Heraldo Chaves Guerreiro será o adjunto. O governador Ranolfo Vieira Júnior anunciou, neste domingo (3/4), em coletiva de imprensa no Palácio Piratini, que Vanius Cesar Santarosa assumirá a Secretaria da Segurança Pública (SSP). Santarosa é coronel da reserva da Brigada Militar e ocupou o cargo de comandante-geral da corporação até março deste ano. O delegado de polícia Heraldo Chaves Guerreiro será o secretário adjunto.

Antes de ser empossado governador, Ranolfo acumulava o comando da SSP com o cargo de vice-governador. Ele destacou que as escolhas apresentadas buscam continuar o trabalho desenvolvido até agora, por meio do qual o Estado alcançou as maiores reduções nos indicadores de criminalidade da década.

“A experiência, o currículo e a qualidade dos serviços prestados pelos dois foram os qualitativos que usamos para a escolha. O anúncio desses nomes dialoga diretamente com a continuidade do trabalho que vínhamos fazendo na Segurança Pública por meio do nosso programa RS Seguro, que o coronel Santarosa conhece muito bem. Uma das premissas do programa é justamente a integração e, seguindo esse conceito, teremos um oficial da Brigada Militar e um delegado da Polícia Civil no comando da secretaria”, explicou Ranolfo.

O novo secretário agradeceu pela confiança e garantiu que o seu trabalho manterá as diretrizes observadas até agora para a área da segurança, buscando resultados cada vez melhores. “Trabalhamos juntos ao longo desses três anos, desde 2019, quando eu desempenhava a função de subcomandante-geral da Brigada Militar, ainda nos primeiros passos do programa RS Seguro. Nosso compromisso é dar continuidade ao trabalho que vinha sendo desenvolvido, observando sempre as três premissas do programa, que são a integração, a inteligência e o investimento qualificado. Esse direcionamento se mostrou fundamental para os resultados que estamos vendo na Segurança Pública”, disse Santarosa.

Vanius Cesar Santarosa

Natural de Bento Gonçalves, é coronel da reserva da Brigada Militar (BM), tem 53 anos e ingressou na carreira de oficiais em 1987. Com habilitação para dez tipos de avião, seis tipos de helicóptero, 6 mil horas de voo, habilitação de piloto de linha aérea e especialização em helicópteros Agusta Westland, realizada nos Estados Unidos, atuou por 15 anos no Batalhão de Aviação da BM (BAV-BM).

Em 2017 foi promovido a tenente-coronel, quando assumiu a chefia do Estado-Maior do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Rio dos Sinos (CRPO VS). Em 2019, passou ao posto de chefe de Operações da BM, quando foi responsável pelo planejamento de policiamento da Copa América, que naquele ano teve Porto Alegre como uma das sedes dos jogos. Concluiu em 2017 especialização em Políticas em Gestão de Segurança Pública (CEPGSP).

Promovido a coronel, assumiu a direção do Departamento de Informática da BM e, em novembro de 2019, quando o coronel Rodrigo Mohr chegou ao comando-geral da corporação, ocupou o posto de subcomandante-geral, no qual permaneceu até abril de 2021. No mês seguinte, Santarosa assumiu o comando-geral da corporação, permancendo até fevereiro de 2022, quando completou 35 anos de serviço ativo, limite para a passagem compulsória para a reserva.

Heraldo Chaves Guerreiro

Natural de Mostardas, Heraldo Chaves Guerreiro é delegado da Polícia Civil, tem 62 anos e ingressou na instituição em 1982, no cargo de investigador de Polícia. Dez anos depois, tomou posse como delegado. Em 2000, foi titular da 3ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (DPRM) de São Leopoldo.

Também atuou como titular das delegacias de polícia de Xangri-lá, Atlântida Sul, Capão da Canoa e Mostardas. De 2011 a 2021, dirigiu a 23ª Delegacia de Polícia Regional (DPRI) de Osório. Em março de 2021, assumiu o Departamento de Polícia do Interior (DPI), maior departamento da Polícia Civil.

Você pode gostar...

Fale Conosco
Enviar